domingo, 28 de setembro de 2014

REQUIEM POR AUSCHWITZ, por Isabel Aguiar

«A luz é dos joelhos que estão no Céu.

Etty Hillesum abençoe a poesia de joelhos.
Etty Hillesum abençoe a poesia de joelhos.

De joelhos Paul Celan sopra uma vela
No coração dos seus pais
No coração dos seus pais.

Por ti Etty Hillesum
Abraão chorou com cardos nas mãos
Pelos pais de Paul Celan.

Dos Céus vieram sete pães um rosário
Paul Celan
Peço Perdão
Porque depois de ti me envergonho do holocausto.

Paul Celan Rosenzweig orou por ti
Nos campos da morte de Etty Hillesum.

Num cântaro azul
Vertem-se as lágrimas dos pais que ainda
Hoje perdem filhos em Auschwitz.»                                                        
                                                                                                               
                                                                                                                                      #Jeanloup Sieff; Dune du Pilat, 1973

1 comentário:

  1. O Mamo nie placz nie

    Oh, Mamma do not cry

    Niebios Przeczysta Królowo

    Immaculate Queen of Heaven

    Ty zawsze wspieraj mnie

    support me always


    Helena Wanda Blazusiakówna

    18 years old



    http://youtu.be/vEGT83TdxMc

    ResponderEliminar

os amigos da editora